*Natal...*


Paira no ar
A sofreguidão da comercialização
na vontade de ofertar aquilo que mais tarde nos irão cobrar
Entre trocas e baldrocas
Entre euros que em carteiras não há
Muitos pagam em papel ou plástico
Quando o que nós precisamos mesmo
É de um sorriso sincero
Um abraço apertado
Um "gosto-te" não falsificado
Uma mão que nos ampare quando nos sentimos cair
E assim retribuir de coração aberto
Paira no ar o ambiente festivo
Uma euforia sem sentido
Porque é natal...
E os outros dias?
Deve ser... carnaval...
Natal...
ontem ,hoje,amanhã
Pelos povos que nada consomem...
Pelas crianças que ao relento dormem
Por todos os que sem nada se abraçam
Num caloroso olhar
Sem mais nada para ofertar
A não ser...a dor, a fome, a angustia
Natal...
O meu desejo ...
É que seja para todos,
todos os dias,sem fome, sem guerras,
em PAZ...
Para o mundo inteiro...
Igual


(*)

E.R 23.12.07

6 Comentários:

Antonio saramago disse...

Ainda bem que pensas assim...
Porque afinal de contas, todos os dias deviam de ser NATAL!

If you Brosh it disse...

uuiiii...está demais o Lay-Out do teu blogger...parabens.

rosa dourada/ondina azul disse...

Linda Amiga,
é o consumismo que nos rodeia, pronto a entrar, se lhe damos guarida.

Gostei do teu post :)))

Beijinho,

alexandrecastro disse...

gostei de ler.
beijinho grande

Dias disse...

Mais um...

Que te seja felissicimo, como o mereces!

Beijo, imenso, no teu Natal

Å®t Øf £övë disse...

Hoje passo por aqui apenas para te desejar um FELIZ NATAL!!!
Bjs.