*Cheguei a casa...*

Finalmente!!
Um dia cansativo...entediante...
Preciso de um banho...relaxante...
Pouso a carteira no meu sofá azul escuro...
Descalço os sapatos...tiro as meias suavemente...
Ainda sentada , começo a desabotoar os botões da minha camisa branca tecida com fiapos de renda ...
ai...
Um a um ,lá os fui tirando das suas casas ,onde permaneceram todo o dia , bem apertados...
bem alinhados...
De camisa aberta , já mais liberta ,
Passo a mão nos meus seios...
Ah como tinha saudades de os sentir...
de os acarinhar...hummmm
as minhas mãos vão descendo,
...me sinto... apalpo ...a minha saia ...
passo pelo fecho de correr,
deslizo a minha mão sobre ele ...
Com a outra mão faço deslizar aquela saia que tanto me incomoda...
Enfim...livrei-me dela...
E agora...
Uma sensação me desperta ...
um desejo me assalta ..
O meu tão desejado banho,,,,
Passeio pela casa, semi nua ...
olho pela janela... a chuva teima em cair
dirijo-me á banheira ...
faço correr a água ...
Hummm...
Que vontade...
de me refrescar ...
Já no banho...
Agarro no chuveiro ...
A água morna, em jorros máximos...
Deixo-a escorrer pelo meu corpo...
Tal qual uma Cascata ...
Arrepiei-me... Suspirei...
humm...
Já molhada...fresca...com a pele saciada...
Deliciosamente encharcada ...
Deito-me na minha tão apetecida banheira...
o sabonete...chama-me...
pretende saborear -me
Escorregar em cada milimetro do meu corpo...
esse ser duro,cheiroso,
passeia-se por todo o meu ser...
Pela minha pele tão ... macia ...húmida...
deliro!!
Aprecio aquele aroma a incenso...
Que ali vai ardendo ao som dos meus murmúrios
De repente... toda eu ...
Tremi,
quando suaves gotas
por mim escorreram...
Ah ... mas como tremo...neste meu banho...
Em frente ao espelho me olho
Vejo-me, sinto-me...
Acaricio-me...abraço-me ...
Continuando a tremer... mas não de frio...
molho-me ... ai que prazer ...
Quando com minha mão me acaricio...
Quando com ela por mim passo ...
Hummmmmmmmmm...
Fecho os olhos ... imagino-te...
A água cai ...escorre...volta a cair...
Até parece que estás aqui...
Que a minha mão cumpre ordens tuas ...
Que te sente ...mesmo ausente ...
E me dá o prazer...
Que ela tão bem conhece....
Um pouco a medo ... a faço penetrar um dedo ...
O Prazer aumenta, penetra mais fundo, e então sinto ...
Que o prazer do mundo ...
Se concentra ...
como que em uma explosão, ou mesmo um vulcão ...
Se transformou... em erupção ...
E tal lava ... na minha Mão ...
Acordei...
Tremia... tremia
a água essa ...
ainda corria...


(*)


E.R 20-06-07

32 Comentários:

Verónica disse...

Maravilha de sensualidade e masturbação em poema!
Muito bom!E o orgasmo da libertação?

Å®t Øf £övë disse...

São esses momentos de intimidade com o nosso proprio corpo em que nos conseguimos amar, que faz com que depois seja possível termos a capacidade de despertar o desejo nos outros, porque se não nos amamos a nós mesmos, nunca teremos a capacidade de nos deixarmos amar.
Beijo.

as velas ardem ate ao fim disse...

Gostava de escrever assim!

bjo

escarlate.due disse...

Sem discordar daquele comentário do Å®t ali mais acima... eh pah desculpa, mas está um frio do caraças!!!

Goddess Night disse...

Este sonho prazeroso, teve um fim:)!

Normalmente, quando sonho com algo bom ou menos bom, o sonho é interrompido pelo acordar...

São reliquias as tuas palavras, o teu sentir, os teu mimos.

Que saudades de me deixar a divagar por aqui.

Beijo num enorme abraço, de quem gosta tanto de por aqui te ter de novo.
P.S. Teremos que reservar um dia para uma daquelas nossas conversas intermináveis:-).

Fragmentos Intemporais disse...

Momentos... parabéns pelos blogues...

Belas palavras, fotos divinais... um sítio a visitar (de novo) muito em breve!

Venha conhecer-me... visite-me!

Cumprimentos intemporais!

Vieira Calado disse...

Bem, amiga...
Creio que bem poderia andar nua, pela casa...

A descrição é quase arrebatada!

E gostei da desenvoltura.

Bjs

Pico minha ilha disse...

Andar assim pela casa também gosto.Belo e sensual.Beijinhos com carinho

Antonio saramago disse...

BEM!BEM!!!Ai que maravilha...
Estás a voltar à verdadeira MOMENTOS!!!

markus disse...

Olá menina dos Momentos,
Belo momento de sonho, repleto de sensualidade , gostei...
Um bom resto de semana. Bjos***

vida de vidro disse...

Molto caliente! :) belo e sensual. Gostei. **

vagabundo disse...

e encharquei-me eu de desejo por ti
do outro lado da janela onde te vi
pela casa andando...
semi-nua.
fossem essas gotas que te cairam no fim,
a chuva que me molhou a mim...
lá fora, na rua.

bjs,

(é tão bom voltar aqui.)

vagabundo disse...

e encharquei-me eu de desejo por ti
do outro lado da janela onde te vi
pela casa andando...
semi-nua.
fossem essas gotas que te cairam no fim,
a chuva que me molhou a mim...
lá fora, na rua.

bjs,

(é tão bom voltar aqui.)

Pekenina disse...

Conhecermo-nos... tão bom... E acordar a tremer só é sinal de satisfação :))

Beijinho

C Valente disse...

Muito sensual, lindo
Saudações amigas

Sonho & Sedução disse...

UUUUUUUUUuuuuuaaaaaaaauuuuuuuu...
Simplesmente magnífico...
Bela descrição de momentos tão íntimos... tão sensuais...

BEIJO COM CARINHO

anónimo disse...

li e quase que me nasceu nova pele para cobrir os ossos...

Lethes disse...

Aqui cheguei e nesta leitura me deliciei…

"As mãos pousam no peito, os dedos sentem a pele que se arrepia…
Descem pelo corpo que pede um banho prometido e ansiado…
Corpo tenso… Mãos descem e o obstáculo encontram… Contornam e pelas pernas se espalham… Voltam a subir no corpo e de novo o obstáculo no caminho… Uma contorna e na barriga desliza… A outra sobe e no néctar que brota escorrega… Volta a subir e escorrega outra vez… Sobe e escorrega… … … …
O vulcão quase em erupção…
A tensão do corpo se solta nessa explosão… Um banho prometido… Ansiado… É consumado…
O corpo cai estendido… Na cama relaxado…"

Fantástico texto em forma de poesia… Como habituaste… Volta sempre nestas explosões de Palavras e sensações…

Lindo!!!...

Maria disse...

Não tenho muitas palavras, estão todas no teu texto.
Intenso, sensual, erótico q.b.... ;))
É sempre bom ler-te, M.
Mas foi difícil comentar-te, pelos problemas do costume. Ontem não consegui...

Deixo-te um beijo
(numa gota de água :) )

rosa dourada/ondina azul disse...

Belo texto, onde descreves um momento vivido, com tal intensidade... :)


Deixo um beijo
com muito carinho,

Bom Domingo :)))

escarlate.due disse...

Onde andas Momentos???

Menina do Rio disse...

Um beijo

:)

© efeneto disse...

Olá amigo/as.
Venho por este meio agradecer a todos aqueles que tiveram a amabilidade de por todas as vias me endereçaram as melhoras e tiveram a paciência de esperar. Aos poucos e na medida do possível irei retomar as publicações no “Grito” agora renovado e as visitas aos amigos.
Porque o tempo urge e a amizade espera, vou começar a colocar as visitas em dia.
Beijos a quem é de beijos e abraços aos restantes.
©efeneto

... disse...

LINDO!!!
Muito muito forte :)
Parabéns
Passa no meu
J.

Pico minha ilha disse...

Voltei para voltar a ler.Beijosss
((s))

lua prateada disse...

Sensual,bem explicito e muito lindo, tudo isso acompanhado dessa música bem..............
Beijinho prateado

SOL

Carla disse...

uiiiiiiiiiiiiii que momento!
beijos

Amaral disse...

Como está delicioso este fim do dia, tão sensual, tão estonteante, tão molhado...
Sonho, lembrança ou realidade... pouco importa.
O prazer mora no corpo, mora em cada carícia, transforma o cansaço em serenos momentos de loucura...
Sabe bem partilhar o bem-estar...
Sabe bem sentir que podemos oferecer uma terna carícia...

Menina do Rio disse...

Deixei-te flores lá no outro...
Lindinha!
:)

david santos disse...

Caro amigo (a)
Com o objectivo de desejar a todos os meus amigos e amigas os melhores e maiores festejos de passagem do Ano de 2008 e prometendo-lhes que pedirei por todos que o novo Ano de 2009 seja o melhor das vossas vidas, venho agora, e nesta data, começar a fazer o que me vai dentro do espírito: desejar-lhes o melhor. Começo agora, aparentemente sedo, mas quero ver se me é possível contactar com todos.
Sem outro assunto e confiante em que os meus desejos venham a ser uma realidade, sou com toda a consideração estima:

David Santos

elvira carvalho disse...

Um maravilhoso texto cheio de erotismo e sensualidade.
Um abraço e bons banhos...rsrs

Dias disse...

...suspiro...

Perdoa-me a vulgaridade do comentario mas para ti chegar a casa é bem mais interessante do que para mim... vou direito aos xixis e cocos do cão, comida a descongelar :)))

Ai miuda... soube muito bem ler-te.

Um abraço apertado